Menu Lateral
 
Barroso, 26 de Julho de 2017 :: 123 visitantes online.

Esclarecimento sobre a publicação do jornal "O Tempo"

Publicado em 25/05/2017 21:40:41


O portal de notícias "O Tempo" publicou, no dia 18/05, uma nota na seção "Aparte", citando os gastos da Prefeitura de Barroso com bombons a serem distribuídos na Páscoa para os alunos da rede municipal de ensino. O veículo, no entanto, sequer procurou a Prefeitura para ouvir o outro lado da história, como mandam os preceitos éticos do jornalismo. Em contato com o jornal, enviamos nossa nota oficial, que foi publicada parcialmente na edição impressa do dia 22/05.

A primeira nota do jornal ganhou repercussão no portal de notícias "Barroso em Dia", que publicou nossa nota na íntegra, na qual justificamos os gastos. No entanto, o mesmo veículo faz uma comparação com o escândalo da "Pipoca e Algodão Doce", que ganhou repercussão nacional, após dar origem a uma Comissão Especial de Inquérito, por diversas irregularidades, sendo também enviada à Polícia Federal e ao Ministério Público para investigação. Reforçamos novamente que que a aquisição feita pelo município foi realizada de maneira legal e com custo abaixo dos anos anteriores, portanto, não se trata de uma ironia, nem é caso para ser comparado ao escândalo da citado pelo jornal, uma vez que nossa aquisição não é alvo de CPI, nem de investigações da Polícia Federal e do Ministério Público, ao contrário do caso citado.

Segue a nota na íntegra:

“Como acontece todos os anos o município adquiriu neste ano de 2017, 2.500 caixas de bombom, em comemoração à Páscoa, que resultaram no valor de R$ 20.000,00. Além dos alunos das escolas e creches municipais, neste ano, os alunos da EJA – Escola de Jovens e Adultos e da APAE também foram contemplados. É uma tradição no município que inclusive, vem sendo mantida nos últimos anos. Destaca-se que, nos anos de 2013 a 2016  foram adquiridas 2.353 caixas de bombons em cada ano, pelo valor de R$ R$ 18.941,65, saindo a R$ 8,05 cada unidade. No nosso caso, conseguimos a um preço menor, apesar da inflação acumulada ao longo desse período, saindo cada caixa a R$ 8,00. Foi realizado um processo licitatório, em conformidade com a lei, sem superfaturamento, sem falsificação de assinaturas, sem direcionamento e com preço de mercado, respeitando os preceitos legais.

Sabemos que o município enfrenta uma situação financeira difícil e, no momento da aquisição, ainda não tínhamos conhecimento sobre as dívidas dos precatórios referentes ao ano de 2016 e, por isso, a compra foi encaixada em nosso orçamento. Temos certeza que, se não houvéssemos mantido a tradição, seríamos ainda mais criticados por algumas pessoas oportunistas.

Ficamos muito satisfeitos em ver as crianças felizes, pois muitas das famílias sequer teriam condições de comprar um chocolate para seus filhos nas festividades da Páscoa. Algumas mães inclusive nos agradeceram nas redes sociais, afirmando que o presente veio na hora certa, principalmente em um momento difícil para a maioria das famílias brasileiras e também barrosenses. Temos a consciência tranquila de que não fizemos nada ilegal”.

http://barroso.mg.gov.br


Mais Notícias

(c) 2017 - Prefeitura Municipal de Barroso
Endereço: Praça Santana, nº 120 Cep: 36.212-000 - Cidade: Barroso / MG
Tel.: (32) 3359-3000 - Email: sic@barroso.mg.gov.br

Versão: 2017.04.10
Desenvolvido por: